Confira hábitos e cuidados que fazem bem ou mal aos olhos

Confira hábitos e cuidados que fazem bem ou mal aos olhos

Cerca de 14,5% dos brasileiros sofriam algum tipo de deficiência, a maioria deles, 48,1%, eram cegos há 11 anos, de acordo com o Censo do Instituto Brasileiros de Geografia e Estatística de 2000. Não enxergar desde o nascimento significa uma vida com certas dificuldades, mas deixar de ver as formas e cores, uma vez que já se estava acostumado a isso, é uma adaptação mais difícil.

Pessoas míopes, com astigmatismo ou hipermetropia experimentam um pouco da dependência que um deficiente visual enfrenta, quando não encontram os óculos ou perdem as lentes de contato. Ao todo, segundo o IBGE, 2,4 milhões de pessoas tinham dificuldade para enxergar em 2000.

Uma pesquisa feita pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia em 2004 mostrou que 60% das cegueiras eram evitáveis. Por isso, alguns hábitos diários devem ser levados à sério. De acordo com o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, é importante lavar os olhos com água diariamente, não esfregar as mão sujas ou coçar os olhos. “Para quem usa óculos é importante estar com eles ajustados, com o grau certo, quem tem histórico de glaucoma na família, deve procurar o oftalmologista para exames rotineiros, após os 40 anos”, afirmou. Além disso, o médico lembra da importância de levar a criança ao oftalmologista na fase da alfabetização.”Se você perceber uma mudança repentina em sua capacidade de ver, não espere até sua próxima visita, faça um exame de seus olhos imediatamente”, disse.

Ao mesmo tempo em que alguns cuidados são desconhecidos, mitos se tornam verdade, como é o exemplo de que ler no escuro faz mal. Segundo o médico oftalmologista do Hospital de Olhos de São Paulo Eglailson Dantas Almeida Junior, “a pessoa não vai passar a precisar de óculos por isso”. O que acontece é que à penumbra é preciso forçar mais a vista, o que pode gerar cansaço visual e dor de cabeça. A história de que comer no escuro pode causar descolamento de retina, uma vez que as pupilas se dilatam e o maxilar às pressiona, é mito, diz Almeida Junior. O médico disse que ficar em frente ao computador não aumenta o problema de visão e, quando surge dor de cabeça ou irritação, a pessoa deve apenas descansar por alguns minutos. “Ler bastante também não prejudica os olhos, só deixa mais inteligente”, brincou.

Os principais problemas de visão relacionados aos óculos (erros refrativos) são: miopia – quando a imagem se forma à frente da retina e a pessoa não enxerga de longe -, astigmatismo – quando a imagem se forma em dois focos diferentes e a pessoa enxerga embaçado de perto e de longe -, hipermetropia – quando a imagem se forma atrás da retina e a pessoa pode apresentar sintomas de dificuldade para perto, segundo o oftalmologista. Os três primeiros, geralmente, surgem sem causa externa.

Do portal: saude.terra.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *