Instituto Clóvis Paiva chega aos 78 anos

O ano de 2019 marca os 78 anos do Instituto de Olhos Clóvis Paiva, inaugurado no mês de janeiro pelo oftalmologista Clóvis Paiva, que foi referência e precursor para a especialidade na região, com grande projeção nacional e internacional. O professor Clóvis Paiva, que morreu em 2000, aos 82 anos, dedicou a vida inteira ao exercício da medicina.

Clóvis de Azevedo Paiva nasceu em 1917 em São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, filho de Virgílio de Oliveira Paiva e Maria de Azevedo Paiva. Depois de chegar ao Recife, trabalhou como cantor e locutor da rádio Clube de Pernambuco para custear os estudos na Faculdade de Medicina do Recife. Ficou conhecido como “o cantor romântico” e fez muito sucesso.

Como médico, foi responsável por dois feitos que ganharam relevância e notoriedade no país. Com apenas 29 anos, foi o segundo oftalmologista a realizar um transplante de córnea no Brasil, sendo o primeiro nas regiões Norte e Nordeste, no Hospital Pedro II, no Recife, em 1947; e, cinco anos depois, realizou a primeira cirurgia de catarata com implante de lente intraocular da América Latina, em 1952. A notícia se espalhou pelos quatro cantos do Brasil e contribuiu ainda mais para consolidar definitivamente a carreira do professor Clóvis Paiva, como passou a ser chamado por todos.

Aos 32 anos, tornou-se o primeiro professor catedrático de Oftalmologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco, onde, nos anos de 1965 a 1968, foi diretor. Entre 1979 e 1981, o professor Clóvis Paiva foi presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia – CBO, órgão máximo da oftalmologia brasileira. Ao longo da carreira, consolidou seu legado recebendo inúmeros prêmios, medalhas, títulos, diplomas de honra e placas de homenagens.

Após a conclusão do curso de medicina, o oftalmologista Clóvis de Azevedo Paiva passou a atender pacientes com problemas de visão no seu primeiro consultório, localizado na avenida Conde da Boa Vista. Em 1975, decidiu mudar o local dos atendimentos e passou a receber seus pacientes na rua Bom Bosco, 855, no bairro da Boa Vista, onde fundou a Clínica de Olhos Clóvis Paiva, que, até hoje, funciona no mesmo endereço. Após ter passado por uma ampla reforma na estrutura física, a clínica atende atualmente pelo nome de Instituto de Olhos Clóvis Paiva, recebe pacientes de todas as faixas etárias, conta com uma equipe médica experiente e com equipamentos de última geração. Além disso, o instituto é referência pela qualidade no atendimento, conforto das instalações, com moderno centro cirúrgico, e amplo estacionamento. O Instituto de Olhos Clóvis Paiva realiza cirurgias, consultas, exames complementares e adaptação de lentes de contato, tendo uma outra unidade no centro de Igarassu, município do litoral norte da Região Metropolitana do Recife.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *