top of page

Cuidados com a visão na terceira idade

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica cronologicamente a pessoa idosa com mais de 65 anos em países desenvolvidos e com mais de 60 nos que estão em desenvolvimento. De acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SOB), é importante enfatizar os cuidados com a visão na terceira idade, em consequência do processo de envelhecimento. No entanto, a maioria da população ainda desconhece isso. Geralmente, pacientes com mais de 40 anos já começam a demonstrar sintomas da presbiopia – quando a vista apresenta sensação de cansaço e dificuldade para ler de perto.

Ainda segundo a SOB, existem três graves problemas visuais que podem causar a cegueira logo cedo: catarata, glaucoma e a degeneração macular relacionada á idade (DRMI). Das três patologias, a catarata é a única cuja cegueira é reversível, mas somente mediante cirurgia. Ela é responsável pela opacidade do cristalino, que provoca a visão embaçada.

Estima-se que existam 900 mil brasileiros com glaucoma, mas acredita-se que o número seja maior, devido ao desconhecimento. A doença causa a perda progressiva da visão lateral. Extremamente grave, se não diagnosticada a tempo e tratada, ela pode levar à cegueira irreversível, pela destruição das células da retina e do nervo óptico. O glaucoma acomete 4% da população acima dos 40 anos. É necessário redobrar a atenção se houver casos diagnosticados na família. Nestas situações, recomendam-se exames oftalmológicos mais frequentes, assim como para os hipertensos ou diabéticos.

A degeneração macular relacionada à idade (DRMI) – lesão na mácula na parte central do olho – afeta tanto a visão para perto quanto para longe. Esmaecimento das cores, percepção de uma área escura ou vazia no centro da visão e a alteração do tamanho dos objetos são os primeiros sintomas. A doença atinge quase 2,9 milhões de brasileiros acima de 65 anos de idade e pode levar a cegueira parcial ou total. No entanto, 80% dessas doenças têm prevenção e tratamento.

Não fumar, não se expor ao sol sem proteção (óculos, chapéu e filtro solar) e adotar uma alimentação saudável são algumas recomendações do Instituto de Olhos Clovis Paiva. A unidade – localizada no bairro da Boa Vista, Centro do Recife – realiza consultas, exames complementares e adaptação de lentes de contato. O local possui instalações modernas e amplo estacionamento. Visitar periodicamente um oftalmologista são garantias para manter a boa visão.

*Informações retiradas no site da Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO)

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page