top of page

Dieta de 98% dos brasileiros não contempla saúde dos olhos

 Do portal: www.drvisao.com.br

 Popularmente conhecida, a vitamina A está ligada a uma boa visão. Ela evita a xeroftalmia, doença conhecida como cegueira noturna. E isso é verdade, porém, ela não é a única responsável pelo bom funcionamento dos olhos. As vitaminas D e E também são imprescindíveis ao órgão, mas um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) concluiu que a dieta de 98% dos brasileiros são deficientes dessas vitaminas. 

   Segundo o oftalmologista retinólogo Sebastião Ferreira Neto, a carência desses nutrientes pode antecipar o aparecimento da Degeneração Macular Relacionada à Idade, que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) é a maior causa de cegueira irreversível do mundo. Ele explica a falta desses nutrientes compromete a mácula, região central da retina. “A melhor maneira de tratar a DMRI é realmente com a prevenção. Quando a região já está afetada, o tratamento é delicado e com o uso de drogas complexas. Depois do comprometimento da visão, não há mais o que se fazer para recuperá-la”. 

   Algumas vitaminas agem de forma a melhorar o funcionamento na região da retina. “A vitamina D ativa a circulação sanguínea, o que também proporciona melhor oxigenação das células retinianas. Enquanto isso a vitamina E é antioxidante, ou seja, age para evitar o envelhecimento dessas células”, completa Sebastião Ferreira. 

   A doença é muito comum nos mais idosos devido ao envelhecimento das células, muitas vezes confundida com óculos vencidos, conforme conta o médico. Mas com uma boa alimentação é possível retardá-la. “As pessoas costumam encarar com normalidade o fato não estarem enxergando muito bem. Costumam atribuir a uma simples necessidade de óculos. Na verdade é preciso ficar atento porque podem estar escondidos problemas mais graves”. 

Alimentos

   Os nutricionistas ressaltam que além de ser encontrada em diversos alimentos, a vitamina D também é formada na pele com a exposição à luz solar. Ela é encontrada no leite e seus derivados (iogurte, queijo, manteiga etc.), nos peixes de água salgada (arenque, sardinha, salmão) e no fígado. Para ingerir a vitamina E, gérmen de trigo, cerais integrais, ovos, folhas verde-escuras (brócolis, espinafre, couve, mostarda, agrião etc.) e frutas secas são boas fontes. 

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page