top of page

Indicações para a realização de plásticas oculares

A plástica ocular é uma área especializada da Oftalmologia que trata as deformidades e anormalidades das pálpebras, do sistema lacrimal, da órbita e de áreas da face anexas aos olhos. Este procedimento é realizado para a correção de vários problemas relacionados: bolsas palpebrais, retração, pálpebras caídas ou ptose palpebral, pálpebras que viram para fora (ectrópio), pálpebras que viram para dentro (entrópio), tumores e traumas diversos.

A Blefaroplastia, como denominada, é o procedimento indicado para corrigir essas deformidades. Além da correção reconstrutiva, pode ser feita para fins cosméticos. Devido à ação da gravidade, fumo e radiação solar, o rosto sofre com o envelhecimento da pele, que leva à deformidade palpebral. Outros casos indicados para a plástica ocular é a perda da elasticidade da pele e queda dos tecidos; fatores genéticos, familiares e raciais também causam alterações na forma das pálpebras. Para indicação desse procedimento, o oculoplasta – oftalmologista especializado em plástica ocular – avalia a questão estética e funcional da cirurgia, visando à preservação e à melhora da visão do seu paciente. Como qualquer outro procedimento cirúrgico, é necessário tomar cuidado. Se houver retirada excessiva de pele ou gordura, o resultado pode ser um olhar sem mobilidade, mudança de feição do paciente e prejuízo na lubrificação e no fechamento dos olhos, ao dormir. Por isso, é importante a escolha do profissional capacitado para tal procedimento. O cirurgião oculoplástico é um oftalmologista que se especializou em cirurgia plástica de olhos e estruturas anexas.

Fonte: CBO

0 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page