top of page

Metade da população pode ter miopia em 2050

Uma pesquisa feita com 2,1 milhões de pessoas, envolvendo análises de 145 estudos, mostra que até o ano de 2050 praticamente metade da população mundial terá miopia, problema ocular relacionado à capacidade do olho de focalizar determinada imagem, deixando embaçada a visão de longe. O estudo, publicado pela Academia Americana de Oftalmologia, indica que 20% desses casos será em estágio avançado.

Segundo o estudo, o aumento do número de casos está relacionado a vários fatores, inclusive quanto ao estilo de vida, como, por exemplo, uma menor exposição a ambientes externos, quando a visão da pessoa pode ir, naturalmente, mais longe. Além disso, a visão de perto é cada vez mais exigida, por causa do uso frequente de tablets, celulares e computadores. A hereditariedade é um fator importante, mas o ambiente tem se mostrado com grande peso no surgimento da doença.

A principal alteração anatômica na miopia é um aumento do diâmetro ocular além do normal. O aumento de 1 mm do diâmetro ocular além do normal produz 3 graus de miopia. Quanto maior o grau de miopia, pior fica a visão de longe. Em geral, quem tem um baixo grau de miopia não necessita de lentes corretivas o tempo todo. Algumas pessoas toleram até 1 grau de miopia sem correção. No entanto, para atividades como assistir aula e dirigir, a correção de graus baixos pode ser necessária para o conforto visual. Já com graus mais elevados, o dia a dia pode ficar muito difícil sem o uso de lentes corretivas.

Além da visão embaçada, de perto, de longe ou em ambas as situações, a miopia pode provocar dor de cabeça, dor nos olhos, irritação ocular e lacrimejamento. Por isso, é importante ir ao oftalmologista com frequência. Crianças e adolescentes devem fazer exames oculares a cada 6 meses e adultos, anualmente. Esse intervalo pode ser menor se surgirem alterações na visão. A miopia tende a aumentar durante a adolescência, período de crescimento rápido do corpo, inclusive dos olhos. Adolescentes míopes devem ser examinados duas vezes por ano. Nesses exames de rotina, o médico oftalmologista aproveita para fazer uma análise geral da visão, podendo fazer a detecção precoce ou prevenir alguma outra doença ocular.

O Instituto Clóvis Paiva possui uma equipe de especialistas para atendimento de crianças, jovens e adultos, tanto na prevenção quanto na correção de problemas oculares.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page