top of page

Mulheres precisam de óculos para leitura mais cedo do que homens


Do Portal da Oftalmologia

Ao contrário do que muita gente pode pensar não são as diferenças genéticas que tornam as mulheres mais propensas a necessidade de óculos para leitura. A motivação está no comprimento do braço feminino, geralmente menor do que o dos homens.

A descoberta foi feita em uma recente pesquisa do IOVS –  Investigative Ophthalmology & Visual Science. Segundo a pesquisa,  com o passar do tempo, o tamanho do braço feminino  deixa de ser suficiente para afastar livros, celulares e tablets à uma  distância aceitável dos olhos, o que causa a necessidade de correção visual.

Em geral, as mulheres começam a sentir alterações na vista durante a  leitura, a partir dos 40 anos e isto pode continuar em estágio evolutivo  até os 50 anos. O nome dado a esta patologia é presbiopia, que significa olho envelhecido, na língua grega, mas também é popularmente conhecida como vista cansada.

Os sintomas começam a ser perceptíveis quando a paciente precisa focalizar os textos cada vez mais longe dos olhos.  Com este primeiro sinal é fundamental a procura pelo oftalmologista,  pois a presbiopia não corrigida pode causar perda total da acuidade visual.

Como a doença pode aparecer acompanhada de outras deficiências  visuais os principais tratamentos são óculos bifocais e multifocais, em  que a lente tem zonas diferentes que permitem ver de diferentes  distâncias.

Atualmente, também é possível corrigir a presbiopia por meio de  intervenção cirúrgica. Nestes casos o ideal é esperar terminar o período  em que a doença ainda pode evoluir. A cirurgia ajudará o paciente a ler  sem os óculos e lentes de contato, ou até mesmo diminuir a dependência  deles.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page