top of page

Perigo para os recém-nascidos

A Catarata é uma lesão ocular que deixa opaco o cristalino, a lente natural do olho. A doença é muito comum em pessoas idosas, porém há um caso que pode afetar as crianças, a catarata congênita.  Entre as doenças oculares, ela é a considerada a mais grave devido ao seu potencial para impedir o desenvolvimento normal da visão.

De acordo com o oftalmologista Luiz Fernando Paiva, do Instituto de Olhos Clóvis Paiva, no Recife, a doença aparece ainda durante a gravidez, especialmente nos três primeiros meses de gestação. Ele explica que o mal pode estar presente na pessoa desde o nascimento. Gestantes que tiveram rubéola, infecções intrauterinas, toxoplasmose ou sífilis podem passar a infecção para o feto. De acordo com o especialista, a catarata é uma das doenças que mais vêm causando cegueira no Brasil e deve ser tratada em tempo hábil para evitar complicações irreversíveis.  

A doença pode ser diagnosticada nas crianças durante o teste do reflexo vermelho, também conhecido como teste do olhinho. Logo no primeiro dia de vida, já pode ser constatado o problema. Mesmo não aparecendo nada, o exame deve ser repetido nas futuras consultas de rotina. Caso apareça o problema, já é iniciado o tratamento cirúrgico. O oftalmologista diz que bons resultados são vistos quando a cirurgia acontece antes da 12ª semana de vida.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page