top of page

Problemas na visão podem afetar rendimento escolar

Com o início da vida escolar, várias crianças podem apresentar problemas na visão no decorrer do aprendizado, causando o baixo rendimento nos estudos. Popularmente conhecido como grau, os erros de refração representam a causa mais comum de deficiência visual. Segundo o oftalmologista Luis Fernando Paiva, do Instituto de Olhos Clovis Paiva, localizado no bairro da Boa Vista, centro do Recife, pais e professores devem ficar atentos a qualquer sinal de desconforto na visão das crianças. “O diagnóstico precoce é fundamental para garantir a saúde ocular infantil e o bom desenvolvimento escolar”, atesta o especialista.

Dos três principais problemas de refração, a hipermetropia é a condição em que o olho é menor que o normal. Os sintomas são cansaço, desconforto ocular após esforço na visão e dores de cabeça frequentes, principalmente ao final do dia. “A hipermetropia não chega a ser uma deficiência séria porque, em grande parte dos casos, o grau diminui conforme o crescimento do olho. É bastante comum que a necessidade de óculos durante a infância termine na idade adulta”, afirma o oftalmologista.

A miopia é o erro refrativo que ocorre quando o olho é mais longo que o normal, fazendo com que a imagem seja projetada antes da retina. Ainda de acordo com Luis Fernando Paiva, o problema é uma condição hereditária geralmente descoberta na idade escolar e que tende a aumentar durante o período de crescimento: “A criança míope enxerga com clareza os objetos próximos a ela, mas possui enorme dificuldade de visualizar os objetos distantes. Por isso, elas preferem realizar atividades que não seja preciso usar a visão à distância, como a leitura”.

O astigmatismo é a terceira deficiência visual mais comum, definido como uma irregularidade na córnea, que faz com que a imagem fique distorcida. Por visualizar os objetos de forma embaçada, em geral, as crianças com esse problema são dispersas e não gostam de ler ou, então, se aproximam demais dos cadernos ou dos livros para enxergar. “É comum que apresentem também sintomas como dor de cabeça, cansaço e irritação nos olhos, náuseas, sensibilidade à luz, ou até cuidado excessivo, por esbarrarem ou tropeçarem com facilidade”, completa o oftalmologista do Instituto Clovis Paiva.

As três deficiências visuais podem ser corrigidas com o uso de óculos ou lentes de contato. É importante ressaltar, além dos sinais durante o período letivo, a revisão oftalmológica das crianças pelo menos uma vez por ano.

*Com informações da Revisa Veja Bem, do Conselho Brasileiro de Oftalmologia

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page