top of page

Halo senil não traz grandes preocupações

A maioria das pessoas não percebe que tem e, em geral, não precisa mesmo ter maiores preocupações. Uma mancha branca ou cinza claro ao redor da córnea é um halo ou arco senil, que é uma alteração corneana com maior prevalência em pacientes acima dos 60 anos. Essa característica é encontrada ainda mais em pessoas a partir dos 80 anos. É mais comum em homens do que em mulheres e os pacientes com diabetes podem apresentar de forma mais usual.

O halo senil geralmente é bilateral e progressivo, devido ao acúmulo de lipídeo (colesterol) na periferia da córnea. A oftalmologista Natália Mesquita, que atua no Instituto de Olhos Clóvis Paiva, tranquiliza quem já identificou esse mancha. “O halo senil não tem significado visual e, portanto, não requer tratamento. Entretanto, pode ser clinicamente significativo quando está  presente antes dos 40 anos, chamado arco juvenil, podendo indicar maior risco de doença arterial coronariana”, afirma a médica. Nesses casos, quando o halo ou arco aparece em pacientes mais jovens, deve ser feita avalição quanto à hiperlipoproteinemia, que é um transtorno familiar em que existe aumento do colesterol ‘ruim’, que é  LDL.

Independente de ter ou não as características que podem indicar o arco senil, é muito importante que o paciente monitore as suas taxas, principalmente se for uma pessoa com diabetes, porque essa doença pode gerar outros problemas, inclusive na visão, como é o caso da retinopatia diabética. A prevenção é o melhor caminho para preservar a visão.

A clínica de olhos funciona, no Recife, no bairro da Boa Vista, entre a Ilha do Leite e a Boa Vista, com equipe altamente qualificada e ampla rede de convênios, que pode ser consultada neste site. E possui uma unidade em Igarassu. As consultas podem ser agendadas por telefone ou pelo site.

41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page