top of page

Sucesso para todo mundo ver

Do site pernambuco.com

Por Hugo Bispo

Instituto de Olhos Clóvis Paiva completa 40 anos no mercado pernambucano focando na profissionalização

Até onde você se dispõe a ir para alcançar seu sonho? Clóvis Paiva foi longe. Na década de 1930, ele largou a casa dos pais, em São Bento do Una, Agreste de Pernambuco, para ir atrás do que sempre quis ser: médico. Para pagar o curso na Faculdade de Medicina do Recife, trabalhou como cantor e locutor de rádio, fazendo sucesso na época. Mas a fama não lhe subiu à cabeça. Manteve o foco na medicina. A escolha deu frutos.

Clóvis teve uma carreira muito bem-sucedida como oftalmologista e como acadêmico, sendo o primeiro médico a realizar uma cirurgia de catarata com implante de lente intraocular na América Latina e o segundo a fazer um transplante de córnea no Brasil. Os anos 1960 foram seu auge. A procura era tanta que não dava mais para atender todos os pacientes em seu consultório particular. Foi assim que surgiu, em 1972, o Instituto de Olhos Clóvis Paiva, clínica de oftalmologia que funciona até hoje na Rua Dom Bosco.

Segundo Clóvis Paiva Neto, diretor-executivo da empresa, importantes oftalmologistas da época, tanto de Pernambuco quanto de fora, passaram pelas salas do instituto. “O sucesso da empresa foi impulsionado pela grande reputação do meu avô na medicina pernambucana e também pelo grande número de clientes que o acompanhavam desde 1941”, acredita Neto. Ele também lembra que a clínica foi uma das primeiras especializadas do estado. Nos anos 2000, porém, após dez anos de baixos investimentos, a clínica reduziu um pouco sua atuação. Isso até 2010, quando foi tomada uma decisão: o instituto deixaria de ser uma empresa estritamente familiar – dos cinco médicos da equipe, apenas um não é da família Paiva, que hoje está em sua terceira geração – para ampliar sua atuação no mercado e dar uma cara nova ao negócio. Como? A partir da profissionalização da gestão.

“Quando se tem um gestor para gerir a clínica, o médico não precisa exercer funções burocráticas e pode se dedicar integralmente às consultas e às atividades médicas. Assim, tanto a administração quanto as consultas ficam mais eficientes”, diz Clóvis Paiva Neto, único da família formado em administração, e não em medicina. O instituto tem investido pesado em seu projeto de expansão. Foram adquiridos equipamentos de exame mais modernos e foi feita uma reforma no imóvel, dobrando o número de salas disponíveis para consultas. A logomarca também foi mudada para dar um novo visual à empresa. Os resultados têm aparecido. “Desde a reforma em 2010, os atendimentos cresceram em aproximadamente 40%. Os pacientes reconhecem a boa estrutura da clínica e isso se reflete na maior procura pelos nossos serviços. O investimento foi acertado”, conta Neto. Parece que o Instituto de Olhos Clóvis Paiva ainda vai continuar sendo visto por bastante tempo.            

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page