top of page

Você sabe o que são moscas volantes?

Do Portal São Francisco

A percepção de pequenas manchas ou nuvens movimentando-se dentro do campo de visão constituem as chamadas “moscas volantes”.

Geralmente são vistas quando se olha para um fundo claro, como uma parede branca ou um céu azul.

Na realidade, as moscas volantes são minúsculos grumos de gel ou células dentro do corpo vítreo, o fluido gelatinoso, que preenche o interior do olho.

Estes objetos dão a impressão de estar diante do olho, mas de fato estão flutuando lá dentro. O que se vê são as sombras projetadas sobre a retina, a camada do fundo de olho que percebe a luz e envia o estímulo luminoso até o cérebro.

As moscas volantes podem assumir formas diversas, como pequenos pontos, círculos, linhas, nuvens ou teias de aranha.

Uma causa comum de moscas volantes é o descolamento do vítreo posterior, o qual pode ocorrer como um processo degenerativo relacionado ao envelhecimento.

O que causa as moscas volantes?

O processo resulta do espessamento ou contração do gel vítreo, formando grumos ou filamentos dentro do olho.

Ao se afastar da parede posterior do olho, o gel vítreo provoca o que conhecemos como descolamento do vítreo posterior.

O Descolamento do vítreo posterior ocorre com maior freqüência nos portadores de miopia, nos pacientes submetidos à cirurgia de catarata ou à aplicação de laser YAG, e naqueles que sofreram algum tipo de inflamação ocular.

As moscas volantes são graves?

As “moscas volantes” tornam-se mais freqüentes à medida que envelhecemos. Nem todas as moscas volantes são graves.

O aparecimento de moscas volantes pode causar uma certa apreensão, sobretudo se surgem de repente.

A contração do gel vítreo, e o seu consequente afastamento da parede ocular, podem causar uma rasgadura da retina. Isto às vezes leva a um pequeno sangramento para dentro da cavidade vítrea, o qual pode se evidenciar na forma de novas moscas volantes.

Um buraco na retina é um problema grave, já que pode levar a um descolamento de retina, sendo necessário uma consulta com o oftalmologista o quanto antes.

O que pode ser feito com as moscas volantes?

As moscas volantes podem atrapalhar a clareza da visão, o que pode ser bastante desconfortável, especialmente quando se está lendo. Movimentar os olhos, olhando para cima e para baixo, pode ajudar a afastar as moscas volantes do campo de visão.

É aconselhável uma consulta com o oftalmologista, especialmente após os 45 anos, se a pessoa perceber:

Nova mosca volante, mesmo que única; Clarões súbitos; Perda de visão lateral;

Para examinar a retina e o vítreo é necessário dilatar a pupila com um colírio. Durante este exame indolor, o oftalmologista observará com cuidado a retina e o vítreo. A dilatação das pupilas pode dificultar ou impedir as atividades cotidianas por algumas horas.

Não há um tratamento que elimine as moscas volantes.

Algumas delas podem permanecer no campo de visão, porém muitas diminuem ou desaparecem com o tempo, deixando de incomodar.

O que causa clarões de luz?

Clarões de luz ou relâmpagos podem ser vistos quando o gel vítreo traciona a retina. É a mesma sensação de “ver estrelas”, experimentada quando se aperta o olho.

O aparecimento súbito de clarões de luz é um sintoma que deve ser investigado imediatamente, devido ao risco de que alguma lesão da retina possa ocorrer.

Enxaqueca

Algumas pessoas experimentam clarões de luz na forma de linhas recortadas ou “ondas de calor” em ambos os olhos, que podem durar de 10 a 20 minutos. Este tipo de clarão é habitualmente causado por um espasmo ou uma contração dos vasos sanguíneos do cérebro, não sendo portanto de origem ocular.

Se os clarões forem acompanhados por dor de cabeça, tem-se uma condição conhecida como enxaqueca. Porém, linhas recortadas ou “ondas de calor” podem ocorrer sem dor de cabeça. Neste caso, os clarões de luz são chamados de enxaqueca oftálmica, ou enxaqueca sem dor de cabeça.

Fonte: www.ipvisao.com.br

Moscas Volantes

O que são Moscas Volantes?

É possível que às vezes você veja pequenas manchas ou nuvens mexendo-se dentro do seu campo de visão. São as chamadas “moscas volantes“.

Muitas vezes vê-as olhando para um fundo liso, por exemplo, uma parede branca ou um céu azul.

Na realidade, as moscas volantes são minúsculos grumos de gel ou células dentro do corpo vítreo, o fluido transparente que enche o interior do seu olho.

Estes objetos dão a impressão de estar diante do seu olho, mas de fato estão flutuando lá dentro. O que vê são as sombras que projetam sobre a retina, a camada de nervos no fundo do seu olho que percebe a luz e permite que você veja.

As moscas volantes podem ostentar formas diferentes, como pequenos pontinhos, círculos, linhas, nuvens ou teias de aranha.

O que provoca as Moscas Volantes?

Ao chegarmos à meia idade, o gel vítreo pode começar a engrossar ou encolher, formando assim grumos ou filamentos dentro do olho.

O gel vítreo afasta-se da parede posterior do olho, provocando um descolamento do vítreo posterior..

Trata-se de uma causa comum de moscas volantes.

Descolamento do vítreo posterior dá-se mais frequentemente em pessoas que:

Sofrem de miopia Foram submetidos a cirurgia de catarata Foram submetidos a cirurgia do olho a laser YAG Sofreram de inflamação dentro do olho

O aparecimento de moscas volantes pode causar uma certa apreensão, sobretudo se surgem de repente.

Deve consultar um oftalmologista imediatamente se notar a presença de novas moscas volante, particularmente se já passou dos 45 anos.

As Moscas Volantes são graves?

A retina pode rasgar se o encolhimento do gel vítreo fizer com que ele se afaste da parede ocular. Isto às vezes causa um pouco de sangramento no olho que pode aparecer na forma de novas moscas volantes.

Uma retina rasgada é sempre um problema sério, já que pode levar a descolamento de retina.

Consulte o seu oftalmologista o quanto antes se:

Aparecer mesmo que seja uma única nova mosca volante; De repente ver clarões súbitos de luz.

Caso note outros sintomas, assim como perda de visão lateral, deve voltar a ver o seu oftalmologista.

O que pode ser feito com as Moscas Volantes?

Você precisa saber se a sua retina sofreu rotura, então ligue para o seu oftalmologista se uma nova mosca volante surgir de repente.

As moscas volantes podem atrapalhar a clareza da visão, o que pode ser bastante irritante, especialmente se quiser ler. Você pode procurar mexer os olhos, olhando para cima e para baixo para afastar as moscas volantes.

Algumas moscas volantes podem permanecer na sua visão, porém muitas desaparecem com o tempo, tornando-se menos irritantes. Mesmo que tenha tido algumas moscas volantes durante anos a fio, deveria marcar uma consulta com o seu oftalmologista.

O que causa clarões de luz?

Quando o gel vítreo repuxa a retina, você pode ver algo parecido com clarões de luz ou relâmpagos ou “estrelas”. É algo parecido com o que se pode sentir quando sofremos um traumatismo no olho, (por exemplo, um murro).

Os clarões de luz podem apresentarem-se de vez em quando durante várias semanas ou meses. Com o passar dos anos é mais comum vermos clarões. Se reparar no aparecimento súbito de clarões de luz, deve consultar o seu oftalmologista imediatamente para verificar se a retina foi rasgada.

Enxaqueca

Alguma pessoas experimentam clarões de luz na forma de linhas recortadas ou “ondas de calor” em ambos os olhos, muitas vezes permanecendo durante 10-20 minutos. Este tipo de clarão costuma ser causado por um espasmo dos vasos sanguíneos no cérebro, chamado enxaqueca.

Se os clarões são acompanhados por dor de cabeça, chamamos a essa dor de cabeça de enxaqueca. Porém linhas recortadas ou ondas de calor podem ocorrer sem enxaqueca. Neste caso, os clarões de luz são chamados de enxaqueca oftálmica, ou enxaqueca sem dor de cabeça.

Como é feito o exame aos seus olhos?

Quando um oftalmologista examina os seus olhos, faz dilatar as pupilas com um colírio. Durante este exame indolor, o seu oftalmologista observará com cuidado a retina e o vítreo. Por ter as pupilas dilatadas, talvez precise que alguém o leve a casa depois de sair do consultório.

As moscas volantes e clarões de luz tornam-se mais frequentes à medida que envelhecemos. Apesar de nem todas as moscas volantes e clarões serem graves, você deveria fazer sempre um exame à vista para verificar se a sua retina não sofreu nenhuma lesão.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
logo_whatsapp_icon_181639.png
bottom of page